Menu fechado

Pilates na Respiração

Pilates na Respiração

Você sabia que um dos princípios do Pilates é a respiração? Sabia também que o Pilates pode trazer benefícios a sua musculatura respiratória? pois bem, vamos discorrer sobre o assunto e deixá-lo a par de tudo. Para isso utilizamos alguns artigos científicos específicos da área afim de trazer a melhor informação sobre o Pilates e seus benefícios na respiração.

Sistema Respiratório

Acredita-se que o sistema respiratório seja o que envelhece mais rapidamente, devido à maior exposição a poluentes ambientais ao longo dos anos. De acordo com Kim & Sapienza, uma das principais mudanças no sistema respiratório com o avançar da idade é a diminuição do recolhimento elástico dos pulmões e da complacência da caixa torácica.

Observam-se declínio da capacidade vital forçada, volume expiratório forçado no primeiro segundo e fluxo expiratório forçado, bem como aumento na capacidade residual funcional e volume de reserva expiratório, que se relacionam com a redução no recolhimento elástico pulmonar e a diminuição da complacência da caixa torácica.

Com o avanço da idade, reduções ocorrem nos valores da PImáx e da PEmáx, e podem estar relacionadas com as alterações fisiológicas próprias do processo de envelhecimento, como mudanças na composição do tecido pulmonar e da caixa torácica, que acarretam diminuição da massa e da eficiência da musculatura respiratória.

Segundo Neder et al., os idosos têm regressão na massa muscular do diafragma e da musculatura acessória da respiração, e também apresentam menor resposta desses músculos a um mesmo nível de estimulação neural.

Funções não Expiratórias

As funções não ventilatórias incluem: tossir, espirrar, falar, cantar, realizar a manobra de Valsalva e outras funções que
são acompanhadas pelo esforço expiratório, ou seja, se a força muscular respiratória estiver diminuída ou prejudicada, as funções não expiratórias também estarão prejudicadas. Por isso é importante estar com toda musculatura bem trabalhada né mesmo?!

A redução da força muscular respiratória pode ser amenizada com a prática de exercícios físicos.2

Pilates e outras Atividades Físicas

A prática de exercícios físicos tem se mostrado eficiente na melhoria da musculatura respiratória.2 Estudo de Gonçalves et al.19 observou que exercícios físicos gerais apresentaram aumento significativo na força muscular respiratória (p=0,0001).

Rendas et al. avaliaram os efeitos de um programa de exercícios físicos gerais não orientados especificamente na musculatura respiratória e função pulmonar, e verificaram diferenças estatisticamente significativas (p=0,028) nos valores de PEmáx, porém com o método Pilates.

Pilates se caracteriza pela tentativa do controle dos músculos envolvidos nos movimentos da forma mais consciente possível. Cinco princípios básicos pelos quais o Pilates é executado, a saber: concentração, controle e precisão, centralização (powerhouse), respiração, fluidez dos movimentos, sendo que os exercícios são adaptados às condições do paciente/aluno.

Joseph Pilates enfatizava em seu trabalho a respiração como o fator primordial no início do movimento, fornecendo a organização do tronco pelo recrutamento dos músculos estabilizadores profundos da coluna na sustentação pélvica e favorecendo o relaxamento dos músculos inspiratórios e cervicais.

Um ensaio clínico realizado no Brasil utilizou-se do método Pilates com o objetivo de verificar se há aumento na força respiratória de idosos.

Métodos:

Trata-se de ensaio clínico, longitudinal e prospectivo. Foram selecionadas sete mulheres com idade igual e superior a 60 anos e com autonomia cognitiva preservada.

A Prova de Função Pulmonar (Espirometria):

Foi realizada por meio do espirômetro marca Vitalograph® modelo 8600. A força muscular respiratória foi obtida pelas técnicas de medidas da pressão inspiratória máxima e pressão expiratória máxima, por meio de um manovacuômetro analógico da marca Gerar.

Tempo de Experimento:

O período experimental foi de 11 semanas. Para a análise comparativa dos dados obtidos nas avaliações, foi aplicado o teste t pareado e nível de significância de 5%.

Resultados:

Os resultados do estudo mostraram aumento significativo (p≤0,01) em relação à pressão expiratória máxima de 46±18 para 75±29 cmH2O.

Conclusão:

Os resultados apresentaram aumento significativo na pressão expiratória máxima, sendo o método Pilates uma das práticas recomendadas à população idosa.

Portanto o Pilates pode ser usado para melhorar o condicionamento respiratório e fortalecimento dos músculos respiratórios, se aliado a outras técnicas/ atividades físicas tem um valor ainda mais significativo.

Bibliografia

Kim J, Sapienza CM. Implications of expiratory muscle strength training for rehabilitation of the elderly: tutorial. J Rehabil Res Dev 2005;42(2):211-24;

Neder JA, Andreoni S, Lerario MC, Nery LE. Reference values for lung function tests. II. Maximal respiratory pressures and voluntary ventilation. Braz J Med Biol Res 1999;32(6):719-27;

Ruivo S, Viana P, Martins C, Baeta C. Efeito do envelhecimento cronológico na função pulmonar: comparação da função respiratória entre adultos e idosos saudáveis. Rev Port Pneumol 2009;

Chaunchaiyakul R, Groeller H, Clarke JR, Taylor NAS. The impact of aging and habitual physical activity on static respiratory work at rest and during exercise. Am J Physiol Lung Cell Mol Physiol 2004;287(6):1098-106;

Craig C. Pilates com a bola. 2. ed. São Paulo: Phorte; 2004;

Gallagher SP, Kryzanowska R. O método de Pilates de Condicionamento Físico. São Paulo: The Pilates Studio do Brasil; 2000;

Rendas AB, Gamboa T, Ramilo T, Botelho AS, Bárbara C, Mota-carmo M. Respiratory muscle function in physically active elderly women. Arch Gerontol Geriatr 1996;22(2):123-30.

Escrito por:

Camilo Barbosa Junior Crefito3 150302-F
Professor de Cursos de Pilates e Ortopedia – The Pilates Fisio Fitness, Fisioterapeuta Esportivo da HWT Sports, Especialista em Fisiologia do Exercício, Especialista em Reabilitação Aplicada ao Esporte (Unifesp), Especialista em Pilates, Pós-graduando em Formação Docente no Ensino Superior.

Contatos: Tel:11.96781-1979 (whats), contato@thepilatesfisiofitness.com.br/ blogpilates@thepilatesfisiofitness.com.br https://www.facebook.com/junior.fisio.39

Deseja realizar seu curso de Pilates Completo, acesse nosso site e saiba mais.

Site
Youtube

Facebook

Instagram