Menu fechado

Exercícios Aeróbicos Para Adultos Com Fibromialgia

Fibromialgia: Esta revisão resume os efeitos do exercício aeróbico para adultos com fibromialgia, pesquisada na biblioteca da cochrane e deixamos a leitura aqui para esclarecimentos a nossos leitores e pacientes. Boa Leitura!

O que são exercícios aeróbicos?

Os exercícios aeróbicos, como caminhar e nadar, aumentam a respiração e os batimentos cardíacos em relação aos valores em repouso. Os exercícios aeróbicos trazem vários benefícios, como o fortalecimento do coração, a melhora da circulação e a diminuição da pressão arterial, além de ajudarem a controlar a taxa de açúcar no sangue e a manter o peso.

A fibromialgia pode causar que tipo de problemas?

As pessoas com fibromialgia têm dor crônica generalizada no corpo e muitas vezes reclamam de fadiga (sensação de cansaço), rigidez muscular, depressão e problemas para dormir.

Características do estudo

Procuramos por pesquisas que houvessem sido publicadas até junho de 2016 e encontramos 13 estudos sobre fibromialgia (envolvendo 839 indivíduos). A maioria dos estudos (61,5%) incluiu apenas participantes do sexo feminino. A idade média dos participantes foi de 41 anos (mínimo de 32 e máximo de 56 anos). De acordo com os critérios de inclusão/exclusão, a maioria dos participantes não fazia exercícios antes de iniciar o estudo.

Os estudos compararam um grupo que fazia exercícios aeróbicos versus um grupo controle (pessoas que ficavam numa lista de espera ou recebiam tratamento usual ou praticavam suas atividades diárias usuais) durante um período de 6 até 24 semanas.

Em média, as sessões de exercícios ocorriam duas a três vezes por semana e cada sessão durava 35 minutos. Os exercícios consistiam em caminhar, andar de bicicleta, correr e fazer exercícios aeróbicos de baixo impacto e aquáticos. A intensidade do treino variou ao longo do estudo.

Os participantes começavam com intensidade leve e aumentavam a intensidade dos treinos à medida que o estudo progredia. Todos os programas foram supervisionados.

Principais resultados ao final da intervenção

Priorizamos a comparação entre fazer exercício aeróbico versus não fazer nenhum exercício. Apresentamos todos os detalhes dessa comparação a seguir. Existe evidência de qualidade moderada que, comparado ao controle, o exercício aeróbico melhora a qualidade de vida relacionada à saúde (HRQL) e evidência de baixa qualidade que esse tipo de exercício melhora a função física e diminui a dor, fadiga e rigidez melhorando a fibromialgia. O número de pessoas que abandonou o grupo de exercícios aeróbicos foi semelhante ao do grupo controle. Eventos adversos menores foram relatados, mas houve inconsistências no relato desses eventos nos estudos.

Quatro estudos avaliaram os efeitos a longo prazo, entre 24 até 208 semanas depois do fim da intervenção. Eles relataram que os participantes que fizeram exercícios tiveram benefícios na dor e função física. Não foram identificados outros efeitos.

Melhores estimativas do que aconteceu nas pessoas com fibromialgia que fizeram exercícios aeróbicos comparadas com as pessoas do grupo controle

Cada um dos desfechos abaixo foi medido em uma escala de 0 a 100, em que os escores mais baixos foram melhores.

HRQL após 12 a 24 semanas: As pessoas que se exercitaram foram 7% melhor (ou 7 pontos, variando de 3 a 13 pontos) e deram um escore de 48 pontos para sua HRQL versus 56 pontos no grupo controle.

Dor após 6 a 24 semanas: As pessoas que se exercitaram foram 11% melhor (ou 11 pontos, variando de 4 a 18 pontos) e deram um escore de 56 pontos para sua dor versus 65 pontos no grupo controle.

Fadiga depois de 14 a 24 semanas: As pessoas que se exercitaram foram 6% melhor (ou 6 pontos, variando de 12 a mais até 0,3 pontos a menos) e deram um escore de 63 pontos para sua fadiga versus 68 pontos no grupo controle.

Rigidez após 16 semanas: As pessoas que se exercitaram foram 8% melhor (ou 8 pontos, variando de 1 a 15 pontos) e deram um escore de 61 pontos para sua rigidez versus 69 pontos no grupo controle.

Função física depois de 8 a 24 semanas: As pessoas que se exercitaram foram 10% melhor (ou 10 pontos, variando de 15 a 5 pontos) e deram um escore de 37 pontos para sua função física versus 46 pontos no grupo controle.

Outros resultados:

Abandono do grupo de intervenção

Um total de 20 de cada 100 pessoas abandonaram, por qualquer motivo, o grupo aeróbico em comparação com 17 em cada 100 no grupo controle (3% mais, variando de 3% menos até 12% mais).

Eventos adversos

Não temos informações precisas sobre eventos adversos associados com exercício aeróbico. Alguns estudos descrevem aumento da dor ou fadiga, e um dos 496 participantes do grupo de exercícios aeróbicos sofreu uma fratura de estresse em um osso do pé (metatarso). Isso pode ter acontecido por acaso.

Qualidade da evidência

A evidência mostra que o exercício aeróbio pode melhorar a HRQL, a dor, a rigidez e a função física, e provavelmente leva a um número similar de pessoas que abandonam cada grupo. O exercício aeróbico não parece melhorar a fadiga. A qualidade da evidência foi considerada baixa ou moderada devido ao pequeno número de pessoas incluídas nos estudos, algumas questões envolvendo o desenho do estudo e baixa confiança nos resultados.

Referencia

https://www.cochranelibrary.com/cdsr/doi/10.1002/14651858.CD012700/full/pt#CD012700-abs-0006

Gostou desse artigo? Acesse também outros artigos AQUI

Gostaria de convidá-lo (a) a conhecer nosso curso de Pilates na Prevenção e Reabilitação de Coluna e Ombro, onde tudo que aprendemos aqui e muito mais está presente SABER MAIS 

Nesse curso aliamos todo nosso conhecimento e expertise na reabilitação de atletas profissionais e amadores ao longo de 10 anos

     

Escrito por:

Camilo Barbosa Junior Crefito3 150302-F
Professor de Cursos de Pilates e Ortopedia – Pilates Fisio Fitness, Fisioterapeuta Esportivo da HWT Sports, Especialista em Fisiologia do Exercício, Especialista em Reabilitação Aplicada ao Esporte (Unifesp), Especialista em Pilates, Pós-graduando em Formação Docente no Ensino Superior. Pilates e Entorse de Tornozelo

Contatos pessoais: 11 967811979 (whatsapp), Instagram e Facebook

Deseja realizar seu curso de Pilates Completo, acesse nosso site e saiba mais.

Site
Youtube

Facebook

Instagram